EDITORIAL
 
2ª Década: Desafios.
 


Presidente – Paulo Silva
 
No cumprimento da primeira década da ACAI, aceitei o desafio de a presidir num contexto particularmente difícil caracterizado por sucessivas quebras dos indicadores de actividade no Imobiliário, na firme convicção da capacidade dos seus Associados em constituírem um significativo valor acrescentado na carenciada identificação de soluções, através dos seus capitais de conhecimento, experiência e pelo seu posicionamento global.

Os indicadores de actividade dos diferentes segmentos do mercado imobiliário, de uma forma generalizada e independentemente da perspectiva de análise: áreas transaccionadas, volumes de vendas ou número de transacções, têm vindo a registar perdas acumuladas, que consequentemente têm conduzido a uma destruição de valor que se encontra reflectida nos activos e serviços imobiliários associados, com particular enfoque nas avaliações e na gestão de condomínios, e na extinção de postos de trabalho.

Neste desafiante enquadramento a ACAI e os seus Associados assumem-se conscientes das dificuldades existentes e disponibilizam-se para conferir novamente ao mercado imobiliário a importância que lhe é devida através dos seus valiosos recursos, do seu espírito empreendedor e pró-activo, em Portugal e no estrangeiro.

No início da segunda década da ACAI, assistidos pelas fortes competências dos seus Associados e pelos seus valorosos serviços, assumimos o desafio de projectar o Imobiliário português, alicerçados no trabalho desenvolvido nos primeiros 10 anos desta associação.

Num âmbito local, manteremos a nossa linha de actuação onde pretendemos desenvolver um contributo positivo através do envolvimento com os diferentes stakeholders e onde temos procurado contribuir para a criação de quadros legislativos mais atractivos ao desenvolvimento da actividade imobiliária e dotados de uma maior funcionalidade, como resulta do envolvimento passado e das discussões mantidas relativas às Leis do Arrendamento, Mediação Imobiliária, Gestão dos Condomínios e fiscalidade no imobiliário, com particular incidência no IVA.

Internacionalmente, directa ou indirectamente, através do networking dos Associados da ACAI, procuraremos com a divulgação do que de melhor existe no Imobiliário em Portugal, captar intenções de investimento, sejam elas na aquisição de activos ou na criação de novos negócios ou expansão de actividades já existentes, num desígnio de exportação do Imobiliário.

Conscientes que fazemos parte da solução, assumimos as nossas responsabilidades para o reposicionamento do Mercado Imobiliário através de uma abordagem positiva e pró-activa, em Portugal e no estrangeiro, tanto em iniciativas individuais como pela mobilização e envolvimento de stakeholders, visando o incremento dos indicadores de actividade de forma a contrariar o estado de espirito generalizado de falta de confiança no Imobiliário.
 
Topo
 


Mapa Site Política de Privacidade Contactos     ACAI © 2008 Todos os direitos reservados Powered by DG